Notícias

Notícias
02/05/2017

Presidente do SINDIJOR participa de Tribuna Livre e solicita concurso público para jornalista e respeito à função de assessor de imprensa

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), Paulo Sousa, participou na manhã desta terça-feira (2) da Tribuna Livre na Câmara Municipal de Aracaju.


O representante dos jornalistas compareceu à sessão para pautar as principais reivindicações da classe jornalística. Concurso público para jornalistas na Câmara de Vereadores e na Prefeitura de Aracaju e contratação apenas de jornalistas diplomados para a função de assessor de imprensa foram alguns dos temas debatidos pelo presidente do SINDIJOR com os vereadores.


“Solicitamos do presidente Josenito Vitale e dos demais vereadores a realização de concurso público para jornalista, pois essa é uma antiga reivindicação da nossa categoria. Já havíamos nos reunido com o presidente desta Casa e ele prometera que incluiria os jornalistas no concurso que a Câmara vai fazer e, hoje, Nitinho confirmou o concurso para os jornalistas também”, destaca Paulo Sousa, reconhecendo o respeito do presidente da Câmara para com os profissionais do Jornalismo.


“Não tenho dúvidas que com a concretização deste concurso o jornalista alcançará a segurança que precisa, pois terá a garantia do emprego, muito diferente do que acontece hoje em que o jornalista é contratado por meio de cargo comissionado, mas pode a qualquer momento ser demitido por uma matéria produzida que não seja do agrado do gestor de plantão. O concurso dará mais liberdade para o jornalista se expressar e realizar seu trabalho com mais independência. E temos que reconhecer este compromisso do Nitinho e desta Casa com o SINDIJOR, com os profissionais do Jornalismo”, observa.


Além de concurso na Câmara de Aracaju, Paulo Sousa também solicitou concurso para o Poder Executivo. Pedindo apoio ao vereador Professor Bittencourt, líder do prefeito na Câmara, o presidente do SINDIJOR salientou que em várias capitais já houve concurso para jornalista e que em Aracaju não pode ser diferente.


“Aproveito para pedir o apoio do professor Bittencourt, a quem eu e vários dos colegas aqui presentes tivemos a felicidade e a honra em ser seu aluno, que abrace esta causa que não é apenas dos jornalistas, mas da própria sociedade que exige profissionais qualificados em todas as áreas. Que conversemos com o prefeito Edvaldo Nogueira e mostremos pra ele a importância deste concurso para as ações de comunicação no município de Aracaju. Cidades como Maceió, Fortaleza, Natal, Salvador e várias outras já promoveram concurso para esta área, Aracaju não pode ficar de fora desta exigência constitucional”, enfatizou.


Durante a Tribuna Livre vários vereadores usaram a palavra para reconhecer o importante papel social do jornalista e do SINDIJOR para a comunicação social, além de reforçarem o apoio à luta dos jornalistas. Professor Iran Barbosa (PT), Professor Bittencourt (PCdoB), Américo de Deus (REDE), Kitty Lima (REDE), Elber Batalha Filho (PSB) e Vinicius Porto (DEM) confirmaram apoio ao concurso público e a qualificação profissional a partir da exigência do diploma de jornalista, e se colocaram a disposição do SINDIJOR para eventuais necessidades.


“No geral posso afirmar que foi um debate muito produtivo em que contamos com o apoio de todos os vereadores e o mais importante: a confirmação de concurso para jornalista na Câmara de Aracaju. Em breve teremos uma reunião com o presidente Nitinho e a empresa que realizará o concurso para discutirmos número de vagas, titulação, funções, salário e a regulamentação como um todo”, conclui Paulo Sousa.


Outros temas


Além de concurso público, Paulo Sousa também solicitou dos vereadores a contratação apenas de jornalista diplomado para os cargos de assessor de imprensa, função privativa de jornalista. Ele também pediu o apoio dos parlamentares ao projeto de lei da vereadora Emília Correia, que garante a meia-entrada para jornalistas em eventos culturais realizados no município de Aracaju.


Também foi abordado o projeto do vereador Jason Neto, que também é jornalista, que trata da exigência de nível superior em Jornalismo nos órgãos da administração municipal. O professor Bittencourt justificou parecer pela rejeição por já existir uma lei municipal de autoria do vereador Iran Barbosa que garante tal exigência. A lei, segundo o próprio autor do projeto, já está em vigor há vários anos.

 


Foto: Gilton Rosas

Deixe seu Comentário

Ainda não há comentários, seja o primeiro a comentar.

Seu Nome:

Seu E-mail:  (Não será divulgado)

Comentários:
 
 
Rua Maruim, 767 - Centro
CEP 49010-190 - Aracaju/SE
Telefone: (79) 3043-8007
sindijor@gmail.com
CNPJ: 13.163.530/0001-00
 Código Sindical: 009421010189