Notícias

Notícias
08/03/2018

Restringir perguntas em pesquisas eleitorais é censura prévia, avalia SINDIJOR

Numa clara demonstração de censura prévia, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou uma resolução que reduz a abrangência das perguntas feitas em pesquisas eleitorais neste ano. Pela resolução, ficam proibidas perguntas não relacionadas com a eleição.


O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de Sergipe (SINDIJOR-SE), entidade de classe que representa os Jornalistas e o Jornalismo em Sergipe, como defensor da democracia e da livre manifestação do pensamento, repudia tal resolução por entender ser uma grave ameaça ao princípio constitucional da liberdade de expressão.  


Para o SINDIJOR, o cidadão comum tem todo o direito de ser informado sobre o que pensam os candidatos que participarão das eleições, independentemente da bandeira partidária.


“É uma resolução imprecisa que dá margem para várias interpretações, inclusive a aplicação de censura por parte dos tribunais regionais eleitorais. A Justiça Eleitoral tem um papel indispensável nas eleições, mas querer inibir o debate sobre todos os assuntos relacionados à política é um precedente muito perigoso para a democracia”, observa Paulo Sousa, presidente do SINDIJOR.


A resolução do TSE, aprovada pelo plenário da corte eleitoral, já foi publicada no Diário Oficial da Justiça.

 

 

Deixe seu Comentário

Ainda não há comentários, seja o primeiro a comentar.

Seu Nome:

Seu E-mail:  (Não será divulgado)

Comentários:
 
 
Rua Maruim, 767 - Centro
CEP 49010-190 - Aracaju/SE
Telefone: (79) 3043-8007
sindijor@gmail.com
CNPJ: 13.163.530/0001-00
 Código Sindical: 009421010189